Seguro de moto Honda: veja como funciona!

Tempo de leitura: 3 minutos

Apesar de não ser um tema agradável, precisamos lidar com algumas realidades do nosso cotidiano. Infelizmente, o país atravessa um momento complicado nas estatísticas de segurança pública, apresentando taxas elevadas de roubos e furtos de motocicletas. Com isso em mente, elaboramos este post, discorrendo sobre a importância de uma apólice na proteção do seu patrimônio.

Então, compilamos algumas das principais informações sobre a contratação do seguro de moto Honda, elencando suas características, vantagens, públicos e coberturas. Agora, não perca tempo e embarque nesta leitura!

O que é e como funciona o seguro de moto Honda?

Afinal de contas, o que o seguro Honda tem de especial? Acima de tudo, acreditamos que essa é uma pergunta importante de ser respondida, justamente para esclarecer aos consumidores, as vantagens daquilo que ele está contratando. Pois bem, logo de início, precisamos destacar a maior virtude dessa apólice: a confiabilidade da montadora japonesa.

Esqueça aquelas histórias em que o usuário sofre na mão da seguradora, que usa de todas as curvas jurídicas para tentar se safar de uma indenização. Em todas as suas extensões, a Honda compreende o valor da eficiência e a importância de zelar pelas pessoas, oferecendo auxílio rápido, humanizado e compreensivo, para quando você mais precisar.

Qual é o público-alvo desse serviço?

No entanto, vale lembrar de que as apólices de seguro Honda não estão disponíveis para todos os consumidores, sendo, portanto, um serviço exclusivo aos proprietários de motocicletas dessa montadora. Com isso, a marca consegue agregar ainda mais valor sobre as suas motos, que por si só, já são consideradas as melhores do mercado.

Então, vamos lá! Confira, agora, os principais requisitos para a contratação desse seguro:

  • veículo: pode ser nacional, importado, zero ou usado, desde que seja um modelo Honda;
  • uso particular: trajetos entre residência e trabalho, faculdade, viagens e lazer;
  • uso profissional: percursos de autoescola, entregas, deslocamento de cargas leves, trabalhos gerais, vendas e visitas à cartela de clientes.

Agora, vamos ao cenário inverso! Confira as situações que não permitem a contratação do seguro Honda:

  • condutor: não habilitado;
  • veículo: CRF ou quadriciclo;
  • uso profissional: mototáxi, transporte de gás/água, vigilância e segurança patrimonial, adaptações sem adequação de fábrica.

Quais são as coberturas inclusas na apólice?

Apesar das restrições, esse é um produto adequado para a maioria do público nacional, composto por proprietários de motos Honda, com utilizações particulares e profissionais, dentro do permitido. Então, chega o momento em que listamos as principais coberturas, que é o conjunto de situações nas quais a apólice auxiliará você. São elas:

  • danos materiais e corporais a terceiros;
  • assistência 24 horas;
  • alagamento;
  • incêndio;
  • colisão;
  • queda;
  • roubo;
  • furto.

Por fim, ainda precisamos destacar uma última exclusividade das apólices de seguro Honda: saber que todos os reparos acontecerão na própria rede de oficinas especializadas da marca, com a utilização de peças genuínas, na correção dos eventuais danos. Com isso, concluímos que essa é a melhor solução para aqueles que dirigem algum modelo da montadora japonesa.

Agora, que você conhece mais sobre o seguro de moto Honda, não perca a oportunidade para aprender sobre a modalidade de consórcio, desenvolvida e administrada pela montadora no Brasil.

Powered by Rock Convert

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *