Roubo de motos: 5 dicas essenciais de segurança

Tempo de leitura: 3 minutos

Com a crescente violência nas cidades brasileiras, o medo tem sido uma realidade para muitos motoristas. Ninguém quer perder o seu veículo e ter que lidar com o trauma e a dor de cabeça depois de um furto ou assalto.

Os motociclistas, infelizmente, estão mais vulneráveis aos crimes, mas é possível estar seguro com algumas ações simples. Quer conhecer os cuidados que podem livrar você do roubo de motos? Veja nossas dicas!

1. Tenha cuidado com o local onde estaciona

Muitos furtos acontecem quando o veículo está parado. Ao estacionar a moto, observe se não há pessoas suspeitas no local. Caso note algum perigo, dê uma volta no quarteirão ou escolha outro estacionamento.

Ruas desertas são mais convidativas aos criminosos. Por isso, prefira parar em lugares movimentados, próximos a comércios, portarias de prédios ou câmeras de vigilância. Essa é uma medida importante, mesmo que você precise andar mais para chegar ao seu compromisso.

2. Coloque correntes ou travas na moto

Para evitar o roubo de motos, ponha dispositivos de segurança quando estacionar. O ideal é que seja um objeto prático, que você coloque e tire de forma rápida. A corrente, que imobiliza o pneu, é o tipo mais comum. O mercado de acessórios também disponibiliza diversos modelos de cadeados.

Já as travas metálicas são colocadas no disco de freio ou na coroa da moto, impedindo sua movimentação. Muitos motociclistas têm preferido elas, por serem menores e mais fáceis de transportar.

3. Utilize equipamentos tecnológicos

A tecnologia também tem importantes contribuições para a nossa segurança. Atualmente, o mercado trabalha com algumas opções, como os alarmes, os bloqueadores e os rastreadores.

Com o alarme, a moto emite um forte sinal sonoro caso alguém tente furtá-la. O barulho chama atenção da vizinhança e dificulta a ação de bandidos. Alguns modelos de alarmes também avisam você pelo celular.

O funcionamento do bloqueador é bem simples. Em modelos que saem de fábrica com essa opção, o veículo não liga se a chave não for a original. Se esse não é o caso da sua moto, você pode adquirir esse acessório.

O rastreador também é uma ótima medida de segurança, pois permite a localização exata da moto. Assim, mesmo que você seja vítima de um roubo de motos, é possível encontrar o veículo passando as coordenadas do GPS para a polícia.

4. Fique atento quando estiver pilotando

Para garantir sua segurança, é preciso ter atenção total ao trânsito. Observar o movimento e ficar de olho nos retrovisores são formas de se antecipar ao perigo e se livrar de um possível roubo.

Os criminosos se inibem quando veem que o motorista está atento aos sinais de risco. Se você perceber alguma atitude suspeita, procure um local seguro para parar, como postos de combustível ou lojas.

5. Redobre o cuidado à noite

Ao dirigir em horários de menor movimento, sua atenção deve ser ainda maior. Andar de moto de madrugada por ruas desertas é bastante perigoso, por isso, não se distraia.

Evite rodar por bairros desconhecidos e procure sempre avenidas com maior movimentação. Além disso, tenha bastante cuidado ao parar em semáforos.

Com essas cinco dicas é possível evitar o roubo de motos e andar mais tranquilo pelas ruas. Equipe seu veículo com itens de segurança e tenha esses cuidados ao dirigir e estacionar. Assim, você curte sua moto e evita dores de cabeça.

O que achou das informações? Tem alguma dica de segurança para compartilhar? Deixe um comentário no post!

Powered by Rock Convert

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *