Veja quais são e como resolver os principais problemas de partida em moto

Tempo de leitura: 3 minutos

Você acordou de bom humor. Pôs a jaqueta de couro, o capacete, as botas… tudo em ordem. Porém, na hora de sair, a moto não pega. Você gira a chave várias vezes e nada. Poxa, esse tipo problema nunca tinha acontecido! E agora?

Fique tranquilo. Neste post, você vai aprender, de uma vez por todas, quais são os fatores que causam os principais problemas de partida em moto — além de tudo o que é preciso para resolvê-los. Continue lendo para conferir!

Combustível

Nas motos com carburador, o efeito de combustíveis adulterados é mais fácil de notar: além de falhar constantemente na partida, o desempenho da motocicleta cai muito. Em casos mais sérios, ela até para de funcionar. Ainda pode acontecer um superaquecimento, se o modelo for de injeção eletrônica.

Por isso, investir em gasolina aditivada é uma boa medida para afugentar o problema. Para motos de alta compressão, a gasolina premium também é uma ótima opção.

Ignição

Conexões oxidadas são a principal razão de problemas que atingem diretamente a ignição. Para evitar isso, é essencial usar um spray ao realizar a manutenção. Cheque as bobinas também, com muita atenção à resistência e à voltagem.

Um sinal clássico de que há problemas na ignição é precisar empurrar a moto. Se for o caso, um bom mecânico pode ajudar você a checar se há danos na vela da motocicleta.

Bateria

Vamos supor que a sua gasolina já é uma aditivada de alta qualidade. Ainda assim, ela misteriosamente apresenta problemas na partida. O foco do problema, então, pode ser a bateria. É importante tentar recarregá-la, e você pode até fazer isso em casa. Se não se sentir seguro ou se o seu carregador próprio não estiver em boas condições, o melhor é contatar um especialista.

Mas tome cuidado ao manusear motocicletas com injeção eletrônica, já que nem todas as motos têm o pedal de partida mecânico. Além disso, o tranco — aquela técnica de engatar uma marcha enquanto a moto é empurrada para frente — só deve ser utilizado em último caso, pois pode estragar a moto de forma irreversível.

Compressão

Anéis e pistão desgastados podem causar problemas de compressão. Antes de conferir o acelerador, porém, é muito importante cortar a corrente para evitar choques elétricos e danos mais sérios à moto. Use um medidor de compressão para verificar a pressão mínima.

Bom, essas são as ações mais básicas. Porém, problemas desse tipo, na compressão, costumam ser mais complexos. Então, devem ser encaminhados a mecânicos mais experientes.

Água

Ao lavar a moto, tome cuidado com as máquinas que lançam jato de água com pressão. Os retentores e componentes de suspensão da motocicleta são projetados para reter óleo, mas um efeito colateral possível é eles reterem também qualquer outro tipo de líquido. E essa retenção pode ocasionar problemas na partida.

Isso, inclusive, não tem a ver só com a pressão. Chuvas também podem causar problemas no motor. Justamente por isso, fazer uma revisão periódica é essencial.

Enfim, como você pode perceber neste post, alguns cuidados são fundamentais para a moto, como investir em gasolina de qualidade, manter o carregador em dia e visitar um mecânico de confiança com frequência.

Além disso, evite pilotar sob chuvas fortes. Pesquise sobre os postos mais bem credenciados e se informe sobre as manutenções necessárias na sua motocicleta. Lembre-se: manter a sua moto em dia é um investimento nela e na sua própria segurança!

E aí, gostou das nossas dicas sobre os problemas de partida em moto? Quer se inteirar ainda mais sobre motocicletas? Então aproveite para ler também sobre a manutenção de motos!

Powered by Rock Convert

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *