O que observar na hora de comprar uma moto usada?

Tempo de leitura: 3 minutos

Uma das melhores formas de gastar menos com transporte é comprando uma motocicleta. Porém, nem sempre sobra dinheiro para adquirir um modelo zero quilômetro. Nesse caso, uma moto usada pode ser uma solução, mas é preciso tomar alguns cuidados para não ter dores de cabeça depois.

Continue a leitura deste texto e veja o que você deve verificar antes de comprar uma moto usada. Vamos lá?

Verifique o aspecto geral da moto e não apenas a quilometragem

O sonho de todo motociclista que busca uma boa moto usada é achar um modelo com baixa quilometragem.

Mas, tome muito cuidado! Nem sempre isso significa que ela está em boas condições. Em muitos casos, o dono anterior pode não ter cuidado bem da motocicleta e ignorado as manutenções.

Observe bem itens como pneu e banco. Em uma motocicleta com baixa quilometragem, eles devem estar quase como novos. Se houver muito desgaste significa que a moto foi muito malcuidada ou o valor indicado pode ter sido modificado.

Dê uma volta com ela e veja qual é o comportamento da suspensão e dos freios.

Leve a moto usada a um mecânico para avaliação

Mesmo dando algumas voltas com a moto, é muito importante levá-la a um mecânico de sua confiança e jamais aceite a opinião de uma pessoa que você não conhece ou indicada pelo vendedor.

A primeira coisa que o especialista deve verificar é o óleo do motor, além dos freios, velas de ignição, amortecedores e a corrente.

Também é muito importante que seja feita uma revisão no filtro de ar da moto. Se ele estiver com muita sujeira, pode ser que a troca seja necessária. Seu mecânico também precisa verificar as partes elétricas e eletrônicas, afinal, se houver problema, os custos de manutenção podem ser altos.

Consulte a documentação e veja se não existem restrições ou multas

Preste muita atenção quanto à documentação da moto. Verifique se não existem pendências financeiras — como licenciamento e seguro obrigatório atrasado —, além de multas de trânsito.

Também é bom ficar esperto quanto às restrições, pois em muitos casos pode indicar que a motocicleta é roubada ou está com parcelas de financiamento atrasadas.

Entre no site do DETRAN do seu Estado ou vá a um posto de atendimento e verifique essas informações por meio do número do RENAVAN da moto, que fica impresso no documento.

Se houver alguma coisa que você não entenda, consulte um funcionário do departamento de trânsito ou entre em contato por telefone.

Desconfie de preços muito baixos

A não ser que a moto seja de um conhecido de sua total confiança, desconfie de preços muito baixos.

Não existe mágica e, se o valor estiver muito abaixo do normal, há algum problema bem sério com a motocicleta e você, provavelmente, vai se arrepender da compra. Em alguns casos, ela pode ter passado por acidentes ou ter falhas no motor.

Como você percebeu, é possível comprar uma moto usada em bom estado e ter segurança, desde que você siga as dicas que apresentamos neste post. Elas são a melhor maneira de evitar problemas e dores de cabeça com a sua motocicleta, afinal, esse é um bem precioso, que pode ajudar bastante no dia a dia, mas precisa funcionar bem.

Gostou do texto, mas ainda ficou com alguma dúvida? Então, não deixe de entrar em contato com a gente! Temos uma equipe de especialistas prontos para ajudar você!

Powered by Rock Convert

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *