Por que você deveria ficar atento à manutenção do filtro de ar de sua moto?

Tempo de leitura: 4 minutos

Manter a sua moto funcionando corretamente é muito importante, não só para sua segurança, mas para evitar gastos desnecessários.

A manutenção do filtro de ar, quando ignorada, traz uma série de problemas e prejudica bastante o desempenho do veículo, causando, inclusive, o desgaste de outros componentes.

Ao longo deste texto, você vai conhecer o filtro de ar e como ele funciona, aprender quando fazer a sua manutenção e quais os problemas que são causados se ela não for feita. Continue com a gente!

O que é filtro de ar, qual a sua função e como ele funciona?

O filtro de ar é um componente que apresenta um elemento filtrante responsável por evitar que as impurezas presentes na atmosfera cheguem até o motor da moto. Para que o motor funcione corretamente e ocorram as explosões internas, é preciso uma mistura de ar e combustível.

As impurezas presentes na atmosfera ficam presas no filtro de ar e isso impede que elas cheguem ao motor, o que prejudicaria o seu funcionamento.

Boa parte dos modelos vendidos atualmente é descartável, mas existem algumas versões que usam óleos para auxiliar na captura das partículas — e eles podem ser limpos e reaproveitados.

Quando e por que fazer a manutenção do filtro de ar?

Por ser um componente que retém impurezas, o filtro de ar acumula muita sujeira e precisa ser constantemente verificado.

O custo de manutenção do filtro de ar é bem pequeno e, em muitos casos, basta apenas fazer uma limpeza — exceto nos modelos descartáveis.

Sempre que o filtro estiver muito escuro, faça a sua substituição. Nos modelos banhados a óleo, uma simples limpeza pode ser suficiente. Nesse caso, é comum fazer a troca do fluido também.

Se após limpar o filtro ele ainda permanecer escuro, não deixe de substituí-lo. Os fabricantes recomendam que a troca seja feita a cada 10 mil quilômetros rodados.

O que pode acontecer quando a manutenção não é feita?

Ignorar a manutenção do filtro de ar fará com que as impurezas cheguem ao motor, trazendo danos a ele. Outro problema é o fluxo de ar, que pode ficar prejudicado, atrapalhando a queima do combustível.

Veja outras consequências:

Aumento do consumo de combustível

Como você viu nos tópicos anteriores, para que ocorra a explosão do combustível dentro do motor, é preciso que ele seja misturado ao ar.

A saturação do filtro e o excesso de partículas diminuem o fluxo de oxigênio e fazem com que a queima não seja satisfatória, o que leva a um aumento no consumo médio de combustível, podendo chegar até 30%.

Desgaste em outras peças

Um dos grandes problemas em trafegar com o filtro de ar sujo é o desgaste que isso pode causar em outros componentes da moto — como pistões e bielas. Eles trabalham muito justos dentro do motor, e qualquer resíduo vai danificar essas peças. Se for pedra e areia, por exemplo, é possível que ocorram trincas na cabeça dos pistões.

Redução de potência

Por reduzir a eficiência das explosões internas do motor, a potência da moto fica bastante prejudicada. Isso também pode acontecer por leituras incorretas no sistema de escape. Em motocicletas com injeção eletrônica, esses dados são usados para ajustar a mistura correta de ar e combustível.

Problemas no sistema de ignição

Com o passar do tempo, o excesso de resíduos pode ficar impregnado nas velas de ignição, fazendo com que elas percam eficiência para gerar as faíscas necessárias para inflamar a mistura de ar e combustível. Em alguns casos, elas podem até parar de funcionar e impedir o desempenho dos pistões.

Manter a manutenção do filtro de ar sempre em dia evita dores de cabeça e, apesar do que muitos pensam, isso não é caro e pode ser feito em casa. Faça revisões constantes em sua moto e, a qualquer sinal de problemas no componente, não deixe de fazer a sua troca.

Entendeu a importância do filtro de ar? Então, aproveite para saber mais sobre a suspensão em motos e fique por dentro do funcionamento desse componente tão importante!

Powered by Rock Convert

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *