Lâmpada para motos: o que você precisa saber sobre as de LED

Tempo de leitura: 3 minutos

A iluminação LED torna-se a cada dia uma alternativa mais econômica para as pessoas. Elas vieram para ficar e estão presentes não só nas residências e comércios, mas também nos veículos de quatro ou duas rodas.

Assim como nos outros seguimentos, essa lâmpada para motos proporciona economia, maior luminosidade, além de aumentar a segurança de outros componentes.

Quer conhecer os benefícios dessas luzes para motos? Então, continue conosco e descubra mais características das lâmpadas LED, suas vantagens e os cuidados necessários.

Principais características da lâmpada LED

Formado por diodos emissores de luz, o LED é composto por cristais de silício e germânio.

Ele emite luz por meio da eletroluminescência, transformando energia elétrica em iluminação visível.

Esses refletores oferecem iluminação clara e vibrante. Entre suas principais características, estão:

  • baixo consumo de energia;
  • custo de manutenção reduzido;
  • vida útil maior do que a incandescente e fluorescente;
  • facho de luz dirigido com várias angulações;
  • pouca emissão de calor no meio ambiente.

Agora que você já sabe as características do LED, continue nos acompanhando e conheça os modelos de motos com LED, as vantagens dessas lâmpadas nas motos e os cuidados a serem tomados.

Vantagens de utilizar lâmpadas LED nas motos

Segundo especialistas, a economia de eletricidade com essas lâmpadas pode chegar até 20%, com vida útil variando entre 50 mil até 100 mil horas. Ela ainda ajuda a poupar outros acessórios, como o gerador das motos, que sofre menos com a partida, além da bateria que reabastece mais rápido sua carga.

Outra vantagem dessa lâmpada para motos é o fato de aumentar a segurança da sinalização e frenagem, pois podem proporcionar acendimento instantâneo e intensidade luminosa cinco vezes maior que as lâmpadas comuns.

Cuidados e problemas com a implantação

Alguns problemas, contudo, também podem surgir quando se utiliza o LED em motos. Como a luminosidade é mais intensa, é preciso seguir o padrão indicado pelo Immetro. Se não for assim, elas podem formar zonas apagadas ou dispersas, o que pode colocar em risco os condutores.

É necessário, portanto, utilizar um globo refletor específico para não ultrapassar as normas de segurança. Antes de começar a rodar na moto com farois de LED, saiba que é preciso observar a lei que regulamenta. Conforme a resolução 667 do CONTRAN:

Art. 2º

§ 5º É proibida a substituição de lâmpadas dos sistemas de iluminação ou sinalização de veículos por outras de potência ou tecnologia que não seja original do fabricante.

Dessa forma, quem realiza modificação não recomendada pelo fabricante comete infração e pode receber pena de multa e retenção do veículo.

Algumas motos que já possuem LED

Apesar da resolução do CONTRAN — e para a felicidade dos condutores —, muitos modelos já vêm com essas lâmpadas incorporadas. A scooter SH 150i, por exemplo, tem essa iluminação na dianteira o que deixa o modelo mais elegante e garante melhor visibilidade.

Outro modelo da Honda que conta com esse equipamento é o CB 500x. Essa moto conta com farol dianteiro e lanterna traseira em LED oferecendo ao veículo mais segurança para uma pilotagem a qualquer momento do dia.

Como você observou, quando o assunto é lâmpada para motos, as de LED contribuem na economia de energia, além de pouparem acessórios da moto.

Lembre-se de que é preciso tomar certos cuidados ao implantá-las e seguir padrões específicos, já que a alta luminosidade pode colocar os condutores em risco. Por isso, siga sempre a recomendação do fabricante. 

Gostou do conteúdo? Que tal curtir a nossa página no Facebook para ficar informado sobre outros assuntos? Vamos lá!

Powered by Rock Convert

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *