Como fazer o emplacamento de moto? Entenda aqui!

Tempo de leitura: 3 minutos

O emplacamento de moto é usado como forma de registrar a sua motocicleta no sistema do departamento de trânsito (Detran) do seu estado e emitir o Certificado de Registro de Veículo (CRV) ou o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV).

Esse procedimento é indispensável e deve ser feito pelo motociclista em até 15 dias corridos após a compra da moto. Pois, sem o emplacamento, a motocicleta trafegará ilegalmente e ficará sujeita a multa.

Para realizar o emplacamento, o motociclista pode escolher entre dois métodos: contratar um despachante — profissional responsável por cuidar de burocracias junto aos órgãos estaduais de trânsito — ou ir pessoalmente até o Detran.

Diante da importância desse processo, decidimos mostrar como se faz o emplacamento de moto sem o auxílio de um despachante. Assim, os novos proprietários de motocicletas poderão economizar e resolver as questões referentes ao emplacamento sem maiores problemas. Ficou interessado no assunto? Então, continue a leitura!

Faça um agendamento no Detran

O primeiro passo para fazer um emplacamento de moto é realizar um agendamento prévio. Para isso, basta acessar o site do Detran local e verificar a possibilidade de fazer um agendamento online.

É interessante destacar que o dono da moto pode acessar o modelo de procuração disponível no site do Detran, preencher e enviar um representante para resolver as questões referentes ao emplacamento — caso não consiga comparecer ao departamento de trânsito na data marcada.

Entregue a documentação exigida

No dia agendado, o motociclista deverá ir até o Detran munido dos seguintes documentos:

  • nota fiscal emitida pela revendedora ou montadora onde comprou a moto;
  • laudo de vistoria da motocicleta ou o termo de constatação fornecido pelas concessionárias autorizadas;
  • documento de identificação pessoal — RG; carteira de trabalho; passaporte; carteira do conselho de classe profissional.

Caso a motocicleta esteja em nome de pessoa jurídica, os documentos necessários são outros, veja:

  • cartão do Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ);
  • comprovante de endereço no nome da empresa ou da instituição que a representa;
  • estatuto da instituição ou contrato social, juntamente com a ata de nomeação da diretoria.

É importante ressaltar que todos os documentos devem ser originais e entregues com suas respectivas cópias. Além disso, os documentos de identificação pessoal e a nota fiscal devem estar, obrigatoriamente, em bom estado de conservação.

Se, por algum motivo, eles não estiverem em condições aceitáveis, será necessário emitir uma segunda via antes de dar início ao processo de emplacamento.

Pague a taxa

Após a apresentação dos documentos no Detran, a motocicleta já estará cadastrada no banco de dados do Detran e, o dono da moto receberá um boleto com as taxas que precisam ser pagas.

O valor total do processo varia de acordo com a região em que o emplacamento será feito. No Mato Grosso do Sul, por exemplo, as taxas ficam em, aproximadamente, R$ 357,28. Por outro lado, em Rondônia, as taxas totalizam R$ 331,92 e se dividem em:

  • vistoria: R$ 50,21;
  • emissão de CRV: R$ 221,71;
  • lacre de placa e tarjeta: R$ 50,21;
  • autorização para confecção de placas e tarjetas: R$ 9,78.

Com o pagamento feito, basta apresentar o comprovante ao atendente do Detran que, em seguida, ele fornecerá um documento com o número de placa que autoriza o comparecimento ao local de emplacamento.

Por fim, é importantíssimo destacar que contratando o Plano Super Legal e  do Consórcio Honda, as taxas de licenciamento e emplacamento são diluídas nas parcelas do consórcio, dando ao cotista o direito de retirar a motocicleta licenciada e emplacada da concessionária. Incrível, não é mesmo?!

Viu como é fácil fazer um emplacamento de moto? Nós não temos dúvidas de que seguindo o passo a passo deste post, você terá a sua moto emplacada em menos de 24 horas!

Se você gostou do texto, curta a nossa página no Facebook e fique por dentro de mais dicas como essas!

Powered by Rock Convert

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *