Como funciona e como passar as marchas de uma moto?

Tempo de leitura: 4 minutos

Entre os motociclistas novatos, em um primeiro momento, pode haver uma estranheza na condução. Por isso, para esse grupo, existe uma dúvida em comum: como passar marcha de moto?

Por isso que preparamos este artigo, no qual explicamos o funcionamento do câmbio e a maneira correta de trocar as marchas. Agora, evite o sufoco e acompanhe!

Como funciona o câmbio de uma moto?

Apesar de não ser obrigatório, entender o sistema de câmbio pode ser determinante na hora de aprender a trocar de marchas. Então, vamos lá! Os motores a combustão funcionam como conversores de energia: traduzindo aquela explosão térmica na energia mecânica que é direcionada às rodas.

Pronto, acabamos de ligar e acelerar um veículo! Contudo, para que ele continue ganhando velocidade, será necessário que o motor tenha folego, evitando o sobreaquecimento. É aqui que entra a caixa de câmbio, também conhecido como sistema de transmissão.

Como é composto o sistema de transmissão das motos?

O câmbio é composto por uma série de engrenagens de tamanhos variados, cada qual é responsável por alguma marcha a ser engatada. Entretanto, não precisamos nos aprofundar nisso, apenas mantenha na sua memória essas observações:

  • as marchas menores, como a 1ª e a 2ª, correspondem às engrenagens menores e, por essa razão, alcançam altas rotações facilmente, garantindo uma arrancada mais ágil e explosiva;
  • as marchas maiores, como da 3ª adiante, estarão conectadas às engrenagens, proporcionalmente, maiores, demorando mais para alcançar altas rotações e entregando velocidades superiores e constantes.

Existe mais um exemplo claro dessa troca de engrenagens, quando você:

  • reduz de marcha, fazendo com que as rotações aumentem;
  • sobe de marcha, fazendo com que as rotações diminuam.

Para além disso, existe outro fator importante durante as trocas: a embreagem. Afinal de contas, estamos falando de engrenagens girando em alta velocidade, de modo que não se pode pular entre esses discos sem causar danos.

Por isso, é fundamental aprender o acionamento da embreagem entre as trocas, garantindo a folga necessária para que o eixo encaixe na marcha que você escolheu engatar, sem trancos e prejuízos!

Como passar marcha de moto corretamente?

Primeiro, você deve se familiarizar com o “idioma” dos motores. Seja qual for o modelo da sua moto, os motores são consistentes nas reações:

  • quando você acelera, inicialmente, o ronco será grave e encorpado, o que acontece nas rotações menores;
  • quando o motor está pedindo folego — marcha superior — seu ronco se tornará mais agudo e esganiçado, ocorrendo nas rotações maiores e próximas ao limite.

Então, nossa primeira orientação é para que você aprenda a vincular o ronco ao conta-giros. A segunda dica é para que você não deixe para trocar de marcha apenas quando o motor estiver suplicando, aos berros — pelo contrário! Acostume-se com trocas em rotações mais medianas, garantindo uma condução mais dócil e econômica.

Agora, vamos ao passo a passo. Iniciamos com a moto parada, portanto, no ponto neutro:

  1. pressione a manete da embreagem por completo;
  2. com o seu pé esquerdo, engate a 1ª marcha, pressionando até a posição mais baixa desse pedal;
  3. solte a embreagem e passe a dosar o acelerador;
  4. ganhe velocidade e se mantenha em uma rotação modesta;
  5. ao mesmo tempo, libere o acelerador e pressione a embreagem até o fim;
  6. com o pé esquerdo, puxe o pedal dois níveis acima, sentindo dois cliques e engatando na 2ª marcha;
  7. solte a embreagem e passe a dosar o acelerador.

Para reduzir, basta realizar as mesmas ações, mas pressionando o pedal esquerdo para baixo. Uma vez habituado, essas etapas se tornarão automáticas.

A um primeiro momento, você realizará os passos de maneira pausada e, muito provavelmente, sentirá trancos. Contudo, isso é normal e acabará sendo superado, tão logo você adote uma postura mais suave no acionamento da embreagem, acelerador e engates.

Então, concluímos que a experiência aumenta proporcionalmente à sua repetição. Por isso, caso você já tenha uma moto e queira vencer esse medo, saiba que a prática será a responsável por superar a sua insegurança.

Gostou desse post, esclarecendo como passar marcha de moto? Então aproveite o seu interesse no tema e conheça agora quais são os melhores óculos para pilotar nas estradas!​

Powered by Rock Convert

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *