Como lidar com a negligência no trânsito? 4 dicas para os motociclistas!

Tempo de leitura: 3 minutos

O brasileiro quase sempre tem motivos para reclamar de alguns fatores que envolvem, diretamente, a sua segurança na hora de pilotar uma moto.

Vias esburacadas, asfaltos ruins e pouca sinalização são alguns dos problemas encarados nas ruas e estradas das principais cidades. No entanto, apesar das razões de sobra para reclamação, é preciso refletir sobre o fato de que a negligência no trânsito ainda é a principal causa dos acidentes no país.

Por esse motivo, separamos, neste post, 4 dicas importantes que todo motociclista deve levar em consideração antes de subir na sua moto. Quer conferir? Vamos lá.

1. Um golinho só, faz diferença sim!

Sem essa de que um copinho só ou uma dose de qualquer bebida não vai afetar sua capacidade de direção. No Brasil, não há mais limites aceitáveis para os testes de bafômetro e as penas são rígidas, com multas altas, perda da CNH e, até mesmo, detenção do condutor.

Assim, qualquer ingestão de bebida alcoólica é considerada como risco para o condutor do veículo. Por isso, para que arriscar? Você pode evitar acidentes, salvar a sua vida e a de terceiros. Divirta-se, mas com consciência!

2. Capacete é para ser usado afivelado

Pilotar sem capacete é uma tremenda negligência no trânsito e a principal vítima é sempre o condutor. Levar o capacete no guidom da moto ou no braço, mesmo que o trajeto seja curto, é brincar com a sorte.

Segundo estudo do Detran, o uso do equipamento reduz em até 40% o risco de morte de motociclistas e em até 70% o risco de sequelas em um acidente de moto. Assim, use sempre um capacete de boa qualidade e nunca esqueça de afivelar. Afinal, sem esse detalhe, o equipamento perde sua função principal. Essas dicas valem para quem está na garupa também.

3. Atenção com os pedestres

Pedestres fazem parte do trânsito e devem ser considerados como prioridade. Por isso, é preciso atenção em todos os momentos, principalmente, ao cortar ônibus, vans e carros parados, pois sempre há a possibilidade de surgir uma pessoa que você não tinha visto.

Afinal de contas, o campo de visão é prejudicado para ambos os lados e é dever das partes se atentar e reduzir a velocidade para evitar o encontro.

4. Mais precaução e menos velocidade no trânsito

Em todo o momento, o condutor precisa de uma atenção redobrada sobre duas rodas. Qualquer movimento errado e um erro de outro veículo pode ser grave e ocasionar um acidente. Busque sempre pilotar sua moto dentro de uma faixa e muita atenção na hora da ultrapassagem. A direção defensiva é fundamental para sua segurança e é preciso prever algumas possibilidades. Por isso atenção com cruzamentos, mudanças de faixas, semáforos e sempre obedeça aos limites de velocidade da via.

Ao acessar uma rua ou avenida, é preciso respeitar a velocidade de segurança. Os maiores riscos são de pedestres atravessando fora da faixa, colisões com retrovisores dos carros, fechadas e, até mesmo, acidentes com outras motos.

Essas foram 4 dicas importantes para você ter cautela e saber lidar com a negligência no trânsito. É preciso muita atenção e, principalmente, responsabilidade. Seja consciente! Respeite a vida!

Curtiu o post? Você também é apaixonado pela liberdade e pela sensação de estar sobre duas rodas? Então, curta a nossa página do Facebook. Temos dicas, informações, promoções e uma infinidade de conteúdos legais para compartilhar. Segue lá!

Powered by Rock Convert

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *