Como elaborar um planejamento financeiro para comprar a sua moto?

Tempo de leitura: 3 minutos

Atualmente, existem muitas opções para quem quer adquirir um produto. Há uma chuva de propagandas e vendedores propondo negócios, mas nem sempre isso é bom! Uma compra feita por impulso pode prejudicar bastante seu orçamento. Por isso, o planejamento financeiro é o melhor caminho para quem quer comprar sua moto sem perder dinheiro.

Quer aprender a se planejar? Veja nossas dicas e tenha dinheiro para realizar seus sonhos!

Escolha a moto e veja o valor que é preciso investir

O primeiro passo é escolher com cuidado o veículo que você quer comprar. Não tenha pressa em decidir, é preciso antes fazer as pesquisas necessárias. Vale tirar todas as dúvidas com o vendedor, pedir dicas para amigos, conversar com um mecânico de confiança e, claro, procurar por referências na internet.

Logo de início você tem duas opções: comprar a moto nova ou usada. Adquirindo veículos seminovos é possível ter um nível maior pagando menos, mas é preciso ter consciência de que ele não vai estar em condições tão perfeitas quanto um 0 km. Para decidir, pesquise muito e veja o que melhor se encaixa no seu orçamento.

Depois, é preciso escolher entre os diversos modelos de motos. Considerando as suas necessidades, analise quais são as opções que têm preços mais acessíveis, gastam menos combustível e têm manutenção mais barata.

Outro ponto que influencia a sua decisão são as condições oferecidas por cada concessionária. É importante comparar preços e facilidades antes de bater o martelo e decidir onde comprar.

Conheça as formas de pagamento

Você tem três principais maneiras de comprar um veículo: à vista, por financiamento ou por consórcio. Sem dúvida, a opção mais econômica é pagando todo o valor à vista — além de não gastar com juros, é possível conseguir bons descontos.

Para ter todo o dinheiro assim, é preciso já ter realizado um bom planejamento financeiro. Se você não conseguiu juntar o valor total, mas precisa da moto agora, é possível entrar em um financiamento.

Outra opção é o consórcio. Nele você não paga tantas taxas quanto no financiamento, mas também não recebe a moto imediatamente. Você só terá o veículo caso seja sorteado ou dê um lance antes, ou quando todas as parcelas forem quitadas.

Economize para atingir seu objetivo

Tanto para juntar o dinheiro quanto para garantir o pagamento das parcelas do financiamento ou consórcio, é necessário um planejamento financeiro. A ordem é se organizar financeiramente e economizar onde puder!

Comece colocando no papel (ou na planilha no computador) todo o seu orçamento e o quanto você gasta no mês. Identifique o quanto você pode colocar na poupança, estabeleça metas de economia e faça disso um hábito na sua vida.

Há duas formas de engordar o valor que vai para a poupança: aumentando a renda ou cortando os gastos. Os bicos ou trabalhos extras são ótimos para quem procura economizar, mas nem sempre é fácil incluí-los na rotina.

Por isso, outra opção é analisar quais são os gastos supérfluos que podem ser cortados para sobrar mais dinheiro. Como fazer isso? Veja:

  • anotar todos os gastos;
  • pensar duas vezes antes de comprar algo;
  • levar uma lista do que precisa quando for ao supermercado;
  • reduzir o uso do cartão de crédito;
  • pensar em formas mais baratas, ou gratuitas, de lazer;
  • cozinhar em casa em vez de comer em restaurantes;
  • estudar sobre orçamento familiar.

Depois dessas dicas, você está pronto para realizar um planejamento financeiro e conseguir comprar a sua moto. Você já pode se imaginar realizando esse sonho e viajando sobre duas rodas por aí? Então comece agora mesmo a pesquisar e se organizar!

O que achou das nossas dicas? Tem alguma dúvida? Deixe seu comentário no post e nos conte sua experiência!

Powered by Rock Convert

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *