Afinal, o que é uma carta de crédito e como utilizá-la?

Tempo de leitura: 3 minutos

É muito frustrante ter o desejo de adquirir um novo bem, mas não ter condições de se comprometer financeiramente para alcançar essa conquista, não é mesmo? Dentre os vários empecilhos, há o de não ter o dinheiro de prontidão para pagar à vista, ou os juros altíssimos que, muitas vezes, existem no financiamento.

Pois é aí que entra uma excelente opção para essa situação: o consórcio! Mas você sabe, exatamente, o que é uma carta de crédito? Ou quais usos você pode dar a ela? Se a sua resposta for não para alguma dessas perguntas, não se preocupe. Nós vamos explicar tudo que você precisa saber nesse post! Vem com a gente.

O que é a carta de crédito?

A carta de crédito nada mais é que um documento repassado ao participante do consórcio que for contemplado, equivalente ao valor contratado na entrada do programa.

É como se fosse um vale-compra transmitido pela administradora do consórcio. Isso confere poder de compra ao contemplado, para adquirir o bem desejado dentro do valor escolhido. Caso o comprador deseje um bem de custo maior, o excedente deverá ser completado pela própria pessoa.

Como ela funciona?

Primeiramente, o participante do consórcio define qual será o valor da carta de crédito desejada. Essa é uma parte muito importante, pois você tem que pensar na quantia que poderá pagar, além de definir em quanto tempo ela será quitada.

Ao decorrer do consórcio, é possível ainda modificar o valor contratado. Se, por um acaso, você não conseguir cumprir com o pagamento das parcelas durante o processo, poderá optar por reduzir a carta de crédito, de forma que ela caiba no seu bolso. Da mesma forma, há também a opção de estender esse valor.

A carta de crédito só é repassada a um participante quando o mesmo for contemplado, seja por via de sorteio, seja por lance. No caso do sorteio, é questão de sorte: você pode tanto ser premiado no primeiro mês do processo quanto apenas no último. Já no lance, quem oferecer a maior oferta poderá adquirir o bem mais rapidamente.

Quais são as formas de utilização da carta?

Geralmente, o consórcio contratado tem algum objetivo específico: pode ser automotivo, imobiliário, ou mesmo alguma prestação de serviço.

O uso mais comum para a carta de crédito é de aquisição de bem. Nesse caso, ao ser contemplado, basta identificar o objetivo de compra desejado e, em seguida, fornecer algumas informações do vendedor e do bem adquirido para a administradora.

A carta também pode ser usada para quitar um financiamento que esteja em aberto. Porém, as condições para esse tipo de operação podem variar de acordo com a administradora responsável.

Agora, suponhamos que o participante desista de realizar a compra ao receber a carta de crédito. Há ainda, nesse caso, a possibilidade de a pessoa receber o valor investido de volta.

Por fim, é importante frisar: para se habilitar a ser contemplado com a carta de crédito, o consorciado precisa estar em dia com as obrigações de pagamento das parcelas. Caso contrário, ele não poderá ser premiado.

Bom, depois destas informações, esperamos que você já esteja bem esclarecido sobre o que é e como funciona uma carta de crédito! Agora, se gostou deste artigo, que tal continuar em nosso blog e descobrir também quais são os 5 pecados capitais na hora de comprar uma moto?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *