5 dicas de como economizar com uma moto

Tempo de leitura: 2 minutos

Economizar com uma moto, especialmente no que diz respeito ao combustível, virou quase uma regra geral atualmente entre os motociclistas.

Se, de um lado, temos a praticidade e a eficiência que esses veículos de duas rodas oferecem, de outro vamos ter o consumo e as oscilações dos preços dos combustíveis no país.

Mesmo tendo em mente que uma moto gasta bem menos combustível do que um carro e que grande parte dos pilotos adota algum tipo de medida para a economia, há várias práticas que podem ser observadas por qualquer pessoa.

A seguir selecionamos algumas que podem ser usadas para diminuir ainda mais o consumo de combustível da sua moto. Confira!

1. Cuide da sua maneira de pilotar

Esse é um dos principais pontos em que o motociclista precisa dar atenção especial se quiser conter os gastos.

Da mesma maneira que em um carro, a forma como é feita a troca de câmbio pode impactar no consumo do combustível. Aliás, o ponto morto é um dos grandes vilões aqui, uma vez que contribui para o desperdício de combustível.

Deixar a moto engrenada em descidas, por exemplo, já ajuda na economia de combustível e no trabalho do motor.

2. Evite acelerar quando a moto estiver parada

Ter uma moto pode ser sinônimo de praticidade e rapidez. Entretanto, alguns pilotos extrapolam o limite daquilo que realmente é necessário.

Tomar cuidado para não acelerar sem necessidade já é um bom começo. Alguns motociclistas começam a acelerar quando a luz do semáforo ainda está no vermelho. Errado!

É interessante criar novos hábitos para evitar ações como essa, que apenas contribuem para um gasto maior de combustível.

3. Evite aquecer o motor da moto

Motos que contam com o sistema de injeção eletrônica não precisam disso. Nesses casos, ao deixar o motor esquentando com a motocicleta parada ele vai demorar mais para chegar à temperatura ideal.

Com isso, o consumo de combustível vai ser maior. A dica é sair tranquilamente, tomando cuidado para não entrar em níveis de rotação muito altos logo nos primeiros minutos.

4. Use componentes originais

Além das multas e do ronco excessivo da moto, a economia no momento de trocar componentes pode resultar em prejuízo em longo prazo.

Peças não originais afetam o motor e, consequentemente, o consumo de combustível aumenta. Não vale a pena.

5. Calibre os pneus

Tanto faz se o pneu está muito murcho ou muito cheio, no caso desses dois extremos há aumento do consumo de combustível.

Isso acontece porque a calibragem está incorreta e, com isso, o motor acaba tendo que se esforçar mais para tentar compensar a falta ou o excesso de contato com o solo.

A calibragem correta dos pneus vem sempre especificada no manual de instruções. Esse é um dos itens que devem ser seguidos sempre. Além disso, a calibragem deve ser feita regularmente. Então, atenção aos pneus!

Gostou do post de hoje sobre como economizar com uma moto? Aproveite, siga a gente no Facebook e acompanhe todas as novidades em primeira mão!

Powered by Rock Convert

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *